segunda-feira, 30 de março de 2015

"VIDA OU MORTE"

      Cada pessoa tem de morrer uma vez só e depois ser julgada por Deus. Hebreus 9:27 (LH).
      Alguém já disse que “a morte nivela a todos. Mendigos, ricos, artistas, desconhecidos, presidentes, reis e rainhas; todos enfrentam, um dia, a morte”. A morte não faz acepção de pessoas. Dinheiro, sucesso e posição social não fazem diferença quando a morte bate à porta. Esta é a realidade. A cultura popular desafia a morte constantemente. Muitos perguntam: “Por que precisamos morrer?”       Quando você é criança, ganha um lindo par de sapatos brancos com lacinhos e uma roupinha de veludo. Mais tarde, vai para a escola, conhece uma pessoa, casa-se, trabalha alguns anos e então precisa morrer. Que vida é está? Porque isto tem que ser assim? Simplesmente porque o homem pecou e com isso trouxe a morte em sua essência. Portanto, assim como por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado, a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porque todos pecaram. Romanos 5:12.
      Muitos que já conhecem o Senhor fazem de tudo para tirar os ímpios desta condição miserável, mas não do modo do Senhor que é a crucificação do velho homem. Muitos pensam que se pudessem chamar todos os seus amigos para uma festa, jogar algumas carnes na churrasqueira e pedir para Deus mandar fogo do céu, como Ele fez com o profeta Elias, então eles criam. Depois disso, para dar um impacto maior, andaria sobre a água da piscina! Isso seria demais, e eles creriam com certeza! Certo? Não, errado. Jesus disse em Mateus 12:39-40 Uma geração má e adúltera pede um sinal; mas nenhum sinal lhe será dado, senão o do profeta Jonas. Porque assim como esteve Jonas três dias e três noites no ventre do grande peixe, assim o Filho do Homem estará três dias e três noites no coração da terra.
      Em outras palavras Jesus estava dizendo que se eles quisessem um sinal ou um milagre para crer, nenhum sinal seria dado, senão o de Jonas. Aqui está o grande sinal: “Eu vou morrer numa cruz”. Vou pagar pelos pecados de todo mundo e levar todos a morrerem comigo na cruz, mas voltarei da morte e lhes daria nova vida, ou seja, uma vida de ressurreição. Fomos sepultados com Ele por termos morrido junto com ele. E isso para que, assim como Cristo foi ressuscitado pelo poder glorioso do Pai, assim também nós vivamos uma vida nova. Romanos 6:4 (LH). 
      As pessoas podem ou não se tornar cristãs por ouvir a Palavra de Jesus. Se crerem entra no descanso, se não crerem, vão para o lugar de tormento e para sempre. João 8:47a. e João 10:26 Quem é de Deus ouve as palavras de Deus; por isso, não me dais ouvidos, porque não sois de Deus. Mas vós não credes, porque não sois das minhas ovelhas.
Irmãos, quem não crê na Palavra de Deus, na obra consumada de Cristo na cruz, certamente serão levados ao rei dos terrores, como está escrito em Jó 18:14 e Salmos 9:17. O perverso será arrancado da sua tenda, onde está confiado, e será levado ao rei dos terrores. Os perversos serão lançados no inferno, e todas as nações que se esquecem de Deus.
      Aqueles que não creem talvez podem pensar: “Como é que um Deus de amor pode fazer tal coisa? Isso não é justo. Por que deveria existir um lugar como esse?” As Escrituras nos dizem que Deus é luz e nEle não há trevas nenhuma. O pecado é rebelião contra Deus. Cada um de nós pecou e ficou separado da glória de Deus. Ele nos dá uma oportunidade de sermos perdoados de nossos pecados por meio de seu Filho. Em outras palavras, Deus não manda ninguém para o inferno; as pessoas vão sozinhas para lá quando deixam de atender à chamada de Deus para que creiam em Jesus. Quem nele crê não é julgado; o que não crê já está julgado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus. João 3:18.
      O problema de muita gente é crer naquilo que Deus disse em Sua Palavra. Como temos dificuldade para crer! Quando uma pessoa crê pela graça de Deus, e a graça só afiança aqueles que desejam crer. E todo aquele que crê entra no descanso de Deus. Ter conhecimento é muito diferente de crer. Quem crê repousa na certeza do conforto. Por outro lado, quem tem somente conhecimento não consegue se aquietar, pois anda sempre numa agitação religiosa terrível. Agora quando uma pessoa crê, o conhecimento espiritual será uma fonte de prazer para esta pessoa. Irmãos, quando cremos podemos desfrutar de tudo aquilo que Cristo é e fez em nosso beneficio. Ao contrário, um incrédulo é alguém que faz a opção deliberada de não crer, embora sua vida seja cheia de conhecimento da Bíblia. C. S. Lewis diz: “O caminho mais seguro para o inferno é gradual; um declive suave, piso macio, sem curvas acentuadas, sem sinalização, sem advertências. É por esse caminho escorregadio que você vai descendo conforme sua vida passa”. Jesus já nos falou deste caminho em Mateus 7:13 Entrai pela porta estreita (larga é a porta, e espaçoso, o caminho que conduz para a perdição, e são muitos os que entram por ela).       Agora veja o contraste com Mateus 7:14 Porque estreita é a porta, e apertado, o caminho que conduz para a vida, e são poucos os que acertam com ela.
Somos apresentados a dois caminhos em nossa vida, e cabe a nós crer em qual vamos tomar. A última coisa que Deus deseja é ver alguém passar a eternidade no inferno. É por isso que Ele tomou a drástica medida de enviar Seu Filho ao mundo para morrer numa cruz em nosso favor. Mas, se rejeitarmos a Sua amorosa oferta, não poderemos por a culpa em nenhuma outra pessoa a não ser em nós mesmos. Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas e apedrejas os que te foram enviados! Quantas vezes quis eu reunir teus filhos como a galinha ajunta os do seu próprio ninho debaixo das asas, e vós não o quisestes! Lucas 13:34.
      Irmãos, a Bíblia é bastante clara em dizer que haverá um julgamento final. Vamos ler em Apocalipse 20:11-15 Vi um grande trono branco e aquele que nele se assenta, de cuja presença fugiram a terra e o céu, e não se achou lugar para eles. Vi também os mortos, os grandes e os pequenos, postos em pé diante do trono. Então, se abriram livros. Ainda outro livro, o Livro da Vida, foi aberto. E os mortos foram julgados, segundo as suas obras, conforme o que se achava escrito nos livros. Deu o mar os mortos que nele estavam. A morte e o além entregaram os mortos que neles havia. E foram julgados, um por um, segundo as suas obras. Então, a morte e o inferno foram lançados para dentro do lago de fogo. Esta é a segunda morte, o lago de fogo. E, se alguém não foi achado inscrito no Livro da Vida, esse foi lançado para dentro do lago de fogo.
      Somente os incrédulos, aqueles que não creram em Jesus, estarão presentes nesse julgamento. Por quê? Porque rejeitaram a Cristo e Sua obra consumada no calvário. Sem dúvida haverá aquelas pessoas que dirão no dia do julgamento final: “Hei, espere um pouco! O que está acontecendo aqui? Eu pensei que tudo o que tinha de fazer era ser uma boa pessoa!” Está chegando o dia em que os livros serão abertos. Talvez um dos livros contenha um registro de tudo o que tenha sido dito ou feito. Leiamos Eclesiastes 12:14           Porque Deus há de trazer a juízo todas as obras, até as que estão escondidas, quer sejam boas, quer sejam más.
      Irmãos, a Bíblia também nos diz que teremos de prestar conta por todas as palavras vãs que falamos; o que nos dá a ideia de que, ao que parece, Deus mantém um arquivo sobre tudo. E não há criatura que não seja manifesta na sua presença; pelo contrário, todas as coisas estão descobertas e patentes aos olhos daquele a quem temos de prestar contas. Hebreus 4:13.
      Muitas pessoas não o rejeitam; ao contrário o admiram. Mas o Senhor Jesus não disse: “Tenham admiração por mim”. Ele disse: “sigam-me”. O nosso Senhor fez apelos bastante específicos e exclusivos. Ele chamou a Si mesmo não somente de “a mensagem de Deus”, mas de “o Deus mensageiro”. Ele disse ser o Deus encarnado, um ser Humano, e o único caminho para o Deus Pai.           Você crê que Ele estava certo ou errado? A resposta a esta pergunta e nada mais define o destino eterno de uma pessoa. E então, o que vai ser? Céu ou inferno? Conforto ou tormento? Se você morreu, o Espírito de Deus habita em você, e a consequência é: Se habita em vós o Espírito daquele que ressuscitou a Jesus dentre os mortos, esse mesmo que ressuscitou a Cristo Jesus dentre os mortos vivificará também o vosso corpo mortal, por meio do seu Espírito, que em vós habita. Romanos 8:11. Amém. Graça e paz.
Pr Claudio Morandi

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço e será um prazer receber seu comentário que depois de aprovado será publicado.