sábado, 7 de março de 2015

OS DE CÁ NÃO DÃO VALOR, A NÃO SER QUANDO MUDAM PARA LÁ

      Dois homens caminhando na estrada da vida, não estão juntos, um caminha na estrada dos irregenerados, o outro na estrada dos reconciliados.  Não se trata de serem pobres ou ricos, mas do valor que dão aos tesouros do Reino de Deus. Um é pobre mas temente a Deus, o outro é rico, mas insensato quanto ao convite da salvação. Mas como tudo passa, a estrada da vida chegou ao fim para os dois, e agora serão retribuídos pela escolha que fizeram aqui enquanto tinham vida biológica. Uma vai para o inferno e o outro para o paraíso,  Mas é preciso esclarecer, que Deus não lança o homem no inferno, mas apenas retribui a cada um de acordo com a escolha fizerem em vida.  O rico agora no inferno em tormento e não digo isto com prazer, se lembra que possui cinco irmãos que também vivem uma vida espiritualmente relaxada e afastada de Deus. Ele conhece muito bem seus irmãos e agora sim, ele após perder a grande oportunidade, lembra que seus irmãos também não dão a mínima para o convite da salvação e agora vira o que? Vira um intercessor no inferno. Em vida nunca enviou um missionário, mas agora depois de morto se interessa em que a salvação seja levada a seus irmãos!   Leia a resposta de "Abraão: 29— Mas Abraão respondeu: “Os seus irmãos têm a Lei de Moisés e os livros dos Profetas para os avisar. Que eles os escutem!” 30— “Só isso não basta, Pai Abraão!”, respondeu o rico. “Porém, se alguém ressuscitar e for falar com eles, aí eles se arrependerão dos seus pecados.” 31— Mas Abraão respondeu: “Se eles não escutarem Moisés nem os profetas, não crerão, mesmo que alguém ressuscite.” Pois é, a hora de mudar de caminho é agora, a hora da salvação é agora, amanhã pode ser tarde. Talvez você não se interesse pela sua salvação ou a de seus entes queridos agora, mas depois não vá que interceder no inferno porque será tarde demais. Pense nisto e seja feliz desfrutando a graça de Cristo já.  Leia a Parábola abaixo e medite.
A parábola do rico e de Lázaro
Lucas capítulo 16:19Jesus continuou:— Havia um homem rico que vestia roupas muito caras e todos os dias dava uma grande festa. 20Havia também um homem pobre, chamado Lázaro, que tinha o corpo coberto de feridas, e que costumavam largar perto da casa do rico. 21Lázaro ficava ali, procurando matar a fome com as migalhas que caíam da mesa do homem rico. E até os cachorros vinham lamber as suas feridas. 22O pobre morreu e foi levado pelos anjos para junto de Abraão, na festa do céu. O rico também morreu e foi sepultado. 23Ele sofria muito no mundo dos mortos. Quando olhou, viu lá longe Abraão e Lázaro ao lado dele. 24Então gritou: “Pai Abraão, tenha pena de mim! Mande que Lázaro 
molhe o dedo na água e venha refrescar a minha língua porque estou sofrendo muito neste fogo!” 25— Mas Abraão respondeu: “Meu filho, lembre que você recebeu na sua vida todas as coisas boas, porém Lázaro só recebeu o que era mau. E agora ele está feliz aqui, enquanto você está sofrendo. 26Além disso, há um grande abismo entre nós, de modo que os que querem atravessar daqui até vocês não podem, como também os daí não podem passar para cá.” 27— O rico disse: “Nesse caso, Pai Abraão, peço que mande Lázaro até a casa do meu pai 28porque eu tenho cinco irmãos. Deixe que ele vá e os avise para que assim não venham para este lugar de sofrimento.” 29— Mas Abraão respondeu: “Os seus irmãos têm a Lei de Moisés e os livros dos Profetas para os avisar. Que eles os escutem!” 30— “Só isso não basta, Pai Abraão!”, respondeu o rico. “Porém, se alguém ressuscitar e for falar com eles, aí eles se arrependerão dos seus pecados.” 31— Mas Abraão respondeu: “Se eles não escutarem Moisés nem os profetas, não crerão, mesmo que alguém ressuscite.” (Bíblia na linguagem de hoje).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço e será um prazer receber seu comentário que depois de aprovado será publicado.