segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Testemunho da obra que Cristo fez em minha vida?

       Nascido e integrante de uma família católica, nunca presenciei ninguém de minha família com uma Bíblia na mão ou lendo ou estudando-á. É lógico que não quero dizer aqui, que os católicos  e espiritas não leem a Bíblia, mas minha família e todos que eu conheci que eram católicos ou espíritas, nunca os vi com uma Bíblia na mão e nem as outra famílias que faziam parte daquela comunidade. Mas quando eu era uma apenas uma crianças de 12 anos e vivendo em um sítio no Paraná, certo dia encontrei uma Bíblia toda empoeirada numa estante de minha casa, e ela era de uma linguagem bem antiga, daquelas que por exemplo a palavra jovem, era naquela antiga tradução denominada mancebo. Inicialmente comecei a ler, e não entendia praticamente nada, mas em alguns textos, Deus falava comigo na Palavra de forma muito especial. Deus sabe quantas lágrimas chorei de alegria e pelas descobertas, Ele sabe também dos momentos mágicos de alegria que eu sentia em ler aquelas palavras ao descobrir aquelas promessas maravilhosas. Enfim, Deus foi tirando a cortina que me separava dos tesouros de sua Palavra. Fico pasmado hoje em saber que há teólogos, pastores, diáconos e membros de igreja que nunca leram a Bíblia por completo uma única vez. Como podem querer ensinar? Deus fez uma obra sobrenatural em minha vida, uma obra muito especial e sobrenatural. O que fico surpreso hoje, é com a sede que eu tinha naquela época, não que eu não tenha hoje, mas eu não queria parar de ler e me deleitar naquele manancial do céu que eu havia descoberto e claro, um milagre de Deus. Quanto mais eu lia, e apesar de eu não entender nada no princípio e não ter a quem recorrer para me ensinar, com o passar dos anos então as coisas foram ficando mais claras. Com o tempo fui aprendendo a separar coisas do Velho Testamento do Novo Testamento, coisas que diziam respeito a Israel e para os gentios e assim por diante. Esta experiência maravilhosa ninguém poderá tirar de mim, Deus me proporcionou isto. Aprendi amar a Deus e sua Palavra que até hoje, posso dizer que sou um apaixonado pelo Evangelho de Cristo. Hoje a teologia que não sou contra, mas temos que ter muito cuidado para não sermos enganados pela má teologia antibíblica, mas ela quer nos levar a decidir que linha ou tendência devemos optar ou seja pelos ensinos de "A" de "B" defende. Um exemplo disso é a velha rivalidade entre os defensores de Calvino, e os defensores de Armínio. Prezados eu os respeito, mas no meu caso eu não tive nenhum Calvinista e nenhum Arminiano para pregar o evangelho para mim na minha infância, mas só tinha um que digo com alegria que me assistia, este era sem dúvidas o Espirito Santo de Deus. Hoje quando leio artigos defendendo as tendências de A e de B, eu fico com o C de Cristo. Meu prezado leitor, fico surpreso hoje em dia com a disponibilidade de Bíblias e de tanta gente para ensinar, mas a maioria esmagadora das pessoas que fazem parte de nossa sociedade, não se interessam pela doce Palavra de Deus. Então, eu só posso crer, que aquele interesse e aquela sede que eu tive de aprender e conhecer as Verdade do Reino de Deus, foi uma obra sobrenatural de Deus em minha vida, e isto, ninguém pode tirar. A Deus seja toda honra e toda glória agora e para sempre amém. Adalberto Pimentel da Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço e será um prazer receber seu comentário que depois de aprovado será publicado.