segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Nesta eleição, o que diria o Pr Timóteo?

    Acima de tudo, recomendo que se façam preces, orações, súplicas, ações de graças por todos os homens, pelos reis e por todos os que estão constituídos em autoridade, para que possamos viver uma vida calma e tranqüila, com toda a piedade e honestidade. Isto é bom e agradável diante de Deus, nosso Salvador, 1 Timóteo 2:1-3.

      Este texto chama o verdadeiro cristão a responsabilidade de orar pelos reis (presidentes) de sua nação com súplicas, e isto ele disse a aproximadamente dois mil anos atrás. Agora trazendo o texto para os dias de hoje e com relação a eleição do rei (presidente), o que o Pr Timóteo nos diria? Quais seriam a suas recomendações? O que ele diria aos cristãos irresponsáveis que votam nos inimigos da família e da igreja? Bem com certeza ele incluiria o votar com responsabilidade no texto, e diria que os que votassem nos inimigos da igreja e do evangelho, seriam responsáveis por tudo que estes inimigos fizessem para prejudicar a igreja e o avanço do evangelho, bem como a manutenção da família como Deus a instituiu. Talvez ele diria dessa forma, ACIMA DE TUDO, RECOMENDO QUE PENSEM BEM NA HORA DE VOTAR, NÃO VOTEM NOS INIMIGOS DO EVANGELHO, PARA QUE POSSAMOS TER NO FUTURO UMA VIDA CALMA E TRANQUILA. Estas talvez seriam as recomendações do Pr Timóteo, que com certeza não seriam acatadas pelos "cristãos" de hoje, visto que a maioria deles não estão nem aí pelos conselhos que os pastores que defendem o Reino de Deus, os valores bíblicos e a família lhes dão. Em Efésios 5:11, temos uma ordem do Senhor que nos diz o seguinte, E não comuniqueis com as obras infrutuosas das trevas, mas antes condenai-as. O texto é bem claro, não podemos ter comunhão ou apoiar ou favorecer as obras infrutíferas, mortas, inúteis e no caso da eleição, apoiar uma obra neste caso, frutífera a favor das trevas. Trevas, porque o evangelho vem para trazer o pecador a luz e revelar a sua triste situação perante Deus, e quando os reis se insurgem-se contra o evangelho e a igreja, isto é obras das trevas. Quanto a eleição, não interessa o partido, mas tudo que vem contra a igreja a família e a liberdade de pregação do evangelho, deve ser condenado. Infelizmente por causa de "cristãos" que não levam em consideração as balizas do evangelho na hora de votar, talvez teremos a partir de agora uma avalanche de leis contra a família e a liberdade cristã, que tirarão a tranquilidade dos verdadeiros cristãos, e dificultarão a conversão de outros. Então meus lamentos aos cristãos petistas que votaram a favor das obras infrutíferas das trevas. Pb Adalberto Pimentel da Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço e será um prazer receber seu comentário que depois de aprovado será publicado.