domingo, 6 de julho de 2014

O inimigo está mudando o foco da mensagem

      Uma das táticas do inimigo nestes fins de tempos, não é tirar ou esvaziar a ou as igrejas. Penso até e percebo pelo que vejo, que ele as quer bem cheias desde que aceitem a sua sugestão. A sugestão do inimigo é mudar o foco da mensagem da pregação do evangelho que é a de levar o homem a buscar a salvação oferecida por Cristo, a mensagem que mostra ao homem que ele está perdido e precisa se arrepender para ser salvo, para a busca dos tesouros deste mundo, ou para levar este homem caído a se sentir que na verdade ele é um merecedor de bençãos materiais e outra paparicações anti-bíblicas que a gente vê nos dias de hoje. Ele o diabo (adversário) quer e está trocando o foco da mensagem da cruz pela mensagem do bem estar e da busca pelo deus Mamom (ouro-prata-riquezas).  Graças a Deus, que ainda existem homens e mulheres e jovens que amam o evangelho e se comprometem com ele e que por isto, não são enganados por estás táticas diabólicas do inimigo. Graças a Deus, a maioria das igrejas não se sucumbiram as artimanhas do inimigo. Ainda existem homens de Deus pastoreando igrejas que na maioria, não se dobraram ou não se dobram a mensagem enganosa do inimigo, e assim, protegem o rebanho que Deus colocou sob seus cuidados. Pense nisto, o adversário é astuto. Ele faz o mal parecer bem, ele faz o mau parecer bom, ele faz o imundo parecer puro, faz o feio ficar lindo. Mas também faz o santo parecer ultrapassado, faz o certo parecer errado, faz a luz parecer trevas. Graças a Deus, temos o evangelho que é direção segura para todos aqueles que Nele crê. A Deus seja toda gloria para sempre. Amém. Pb Adalberto Pimentel da Silva  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço e será um prazer receber seu comentário que depois de aprovado será publicado.