domingo, 13 de julho de 2014

A SECULARIZAÇÃO DA IGREJA, UMA AMEAÇA REAL

      A secularização entra na igreja quando as pessoas continuam defendendo as mesmas doutrinas ortodoxas, mas não as colocam em prática na vida diária. Destaco, por exemplo, as festas de casamento da maioria dos crentes hoje. Estamos copiando o modelo do mundo. O padrão do mundo está prevalecendo até mesmo entre as famílias cristãs. Há um profundo descompasso entre o culto realizado no templo e a festa que acontece logo após no cerimonial. A música que toca no cerimonial não tem mais nada a ver com o culto. Bebida alcoólica rola à vontade. As luzes multi-coloridas, semelhantes às boates modernas acendem e o povo de Deus cai na pista de dança. Muitos voltam para casa bêbados. Será que Cristo faria isso? Será que os apóstolos aprovariam isso? Será que os crentes fiéis do passado participariam com deleite dessas festas? Será que devemos nos conformar com essas práticas? Hernandes Dias Lopes.

Um comentário:

Anônimo disse...

Com certeza há muitos neste meio que pense ser igreja, mas não é. Na verdade são impios que querem ir para o inferno. Mas a culpa maior com certeza cai nos líderes ou chefes de família que deveriam ser exemplos na fé e no zelo pela obediência a Palavra mas não são.

Postar um comentário

Agradeço e será um prazer receber seu comentário que depois de aprovado será publicado.