segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

UMA GRANDE MULTIDAO... DE ESCRAVOS

Tenho observado que nos últimos tempos vem crescendo assustadoramente dentro das igrejas o número de crentes-escravos.

Segundo as Sagradas Escrituras a obra de regeneração que o Espirito Santo efetua na vida das pessoas que aceitam a Cristo como Salvador inclui necessariamente um agir libertador do Filho de Deus.

“Se o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres”, Jo 8.36.

“Conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”, Jo 8.32.

Todavia, na prática milhares e milhares de pessoas alcançam uma liberdade que não é integral, como na verdade deveria ser.

Hoje me refiro a duas escravidões, uma triste e outra, perversa.

É incrível a quantidade de pessoas dentro da Casa de Deus – pastores, obreiros e crentes em geral, que estão totalmente presas ao futebol.

Sei de casos de líderes que mudaram horários de culto, outros que faltaram a importantes reuniões, por causa de jogos de futebol. Houve até o caso de um que transferiu o culto de Santa Ceia, para que os crentes não perdessem a final de um campeonato.

E quanto aos jovens que estão participando de cultos com os tablets ou smartphones conectados na emissora que transmite os jogos?

É uma vergonha que muitos hajam sido libertos do Inferno, mas não do futebol.

Não faz muito tempo eu estava conversando em um restaurante, após o culto, sobre importantes assuntos da Bíblia, quando dois Obreiros deixaram a mesa e foram se juntar a um grupo de escarnecedores que vibravam com os “lances” de uma partida.

Esta é a Igreja que se prepara para entrar no Céu com o manto da liberdade? O futebol tem se tornado mais traiçoeiro que a maconha, pois desta todos correm e para aquela todos são atraídos.

O outro problema, mil vezes mais grave, é a escravidão ás novelas.

Milhares de crentes, batizados com o Espírito Santo, estão presos a Satanás durante as macabras horas das pérfidas novelas.

Santas mulheres, que antes eram peritas em expulsar demônios estão emudecidas, empobrecidas e vazias espiritualmente, dominadas pelo demônio que ativa as novelas nos seus aparelhos de televisão.

Isto é falta de temor de Deus, é falta de autoridade espiritual e é falta total de santidade.

Milhares de lares estão se desfazendo, outros milhares de filhos estão transviados e um número incalculável de vidas está completamente inativo nas igrejas, tudo por conta das novelas, feitas sob medida para amesquinhar o caráter, denegrir a personalidade e expulsar o temor de Deus de dentro dos corações.

Em muitas igrejas os cultos estão vazios de pessoas e escassos de poder, porque a escravidão às novelas está fazendo um grande arrastão espiritual.

Existem esposas de pastores que fazem propaganda das malditas cenas novelescas, existem dirigentes de Círculos de Oração que trocam conversas pelo facebook para comentar as delicias infernais dos capítulos das novelas, em sua grande maioria feitas para exaltar o diabo, glorificar o sexo ilícito, enobrecer o homossexualismo, enxovalhar as igrejas e seus líderes e exaltar a traição conjugal.

Esses crentes precisam nascer de novo outra vez, precisam se converter de verdade e precisam voltar ao primeiro amor,

A Princesa Isabel proclamou a Lei Áurea, que fez dos escravos-escravos pessoas livres;

As novelas proclamaram a Lei Torpe, que está fazendo das pessoas livres livres- escravas.

Vem, Espírito de Deus, transformar os livres-escravos em escravos-livres, antes que o Senhor Jesus volte.

Fonte: http://prgeziel.blogspot.com.br/search?updated-min=2013-01-01T00:00:00-08:00&updated-max=2014-01-01T00:00:00-08:00&max-results=3

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço e será um prazer receber seu comentário que depois de aprovado será publicado.