quinta-feira, 31 de outubro de 2013

A Visão Que Necessitamos!

Uma visão de si mesmo  - Isaías 6:5
Então disse eu: Ai de mim, que vou perecendo porque eu sou um homem de lábios impuros, e habito no meio dum povo de impuros lábios, e os meus olhos viram o Rei, o Senhor dos Exércitos!
- Deslumbrado diante de tanta glória, vendo os umbrais das portas do templo se mover com a voz do que clamava, o séquito do Senhor enchia o templo, percebendo o fumo da glória de Deus a encher toda a casa.
- Isaias clama: Ai de mim que vou perecendo, porque eu sou um homem de lábios impuros e habito no meio de um povo de impuros lábios, e os meus olhos viram o Rei, o Senhor dos Exércitos!
- O Profeta viu a si mesmo, teve uma visão introspectiva e viu a impureza dos seus próprios lábios, ao ouvir os mais puros louvores entoados pelos Serafins.
 - Ele pôde compreender sua indignidade; sua fraqueza.
A santa presença de Deus produziu em Isaias o mesmo efeito que produzira em outros homens de Deus em ocasiões diferentes.
Por Exemplo:
 - Gideão temeu a morte ao ver o anjo do Senhor Jz. 6:22-23).
 - Manoá e sua mulher disseram: Certamente morreremos, porquanto temos visto a Deus (Jz. 13:22).
 - Jó, ao ver o Senhor disse: Por isso me abomino e me arrependo no pó e na cinza (Jó 42:5-6).
 - Simão Pedro Diante de Jesus disse: Senhor ausenta-te de mim, que sou homem pecador (Lc. 5:8).
 - O Apóstolo São João Quando viu o Senhor, na visão de Patmos, caiu como morto (Ap. 1:17).
 - Não foi diferente com o Apóstolo São Paulo. 
- Que quando perseguia o povo de Deus foi subitamente cercado por um resplendor de Luz do Céu, e caindo por terra ouviu a voz do Senhor: Saulo, Saulo porque me persegues. 
E ele disse: Quem és Senhor? 
E disse o Senhor: Eu sou Jesus a quem tu persegues. 
Com isto ficou três dias cego, mas teve uma visão de si mesmo (At. 9:1-18).
- Mas, um dos Serafins voou até o profeta Isaias, trazendo na sua mão uma brasa viva, tirada do Atar do Holocausto com uma tenaz.
 - Tratava-se de uma brasa santa, pois o Altar havia sido aceso, pela primeira vez, pelo próprio Deus, e desde então era mantido constantemente ardendo.
  - O Serafim tocou com a brasa os lábios do Profeta, purificando-os, para que pudesse anunciar a mensagem de Deus aos homens.
 - Num certo sentido, essa cena repetiu-se no dia de Pentecostes também em Jerusalém.
Quando línguas de fogo desceram sobre os discípulos e suas bocas começaram a falar noutras línguas, capacitando-os para a proclamação ao mundo da salvação em Cristo Jesus.
Ao receber o toque da brasa viva nos seus lábios, o profeta ouviu o Serafim dizer: Eis que isto tocou os teus lábios, e a tua iniqüidade foi tirada, e purificado o teu pecado.
- Achando-se purificado e perdoado, o profeta ouviu o clamor do Senhor: A quem enviarei e quem ha de ir por nós?
- Muitos crentes já não ouvem a voz de Deus, por estarem com os seus ouvidos impuros.
- Já não vêem a glória de Deus por estarem com os seus olhos impuros.
 - Já não proclamam a mensagem redentora do Evangelho.
 - E não cantam os louvores de Deus por estarem com os lábios impuros!
 - É lamentável que muitos cristãos, como Isaias antes do capítulo 6 do seu livro, estejam tendo visões somente dos outros, apontando o dedo acusador apenas contra os outros dizendo: ai deles!!!
 O PROFETA DOS AIS
- Ai da nação pecadora. Is. 1:4
- Ai da sua alma (Is. 3:9)
- Ai do ímpio (Is. 3:11)
- Ai dos que ajuntam casa a casa (Is. 5:8)
- Ai dos que se levantam pela manhã e seguem a bebedice (Is. 5:11)
- Ai dos que ao mal chamam de bem e ao bem, mal (Is. 5:20)
- Ai dos sábios a seus próprios olhos (Is. 5:21) - e ai dos que são poderosos para beber vinho (Is. 5:22).
 - Tais cristãos precisam urgentemente, da visão do Senhor na sua glória, afim de que tenham também a visão de si mesmo como realmente são, e assim possam clamar como Isaias, clamou: Ai de mim que vou perecendo.
 - Somente assim o cristão estará pronto para responder a pergunta do Senhor: A quem enviarei, e quem há de ir por nós?
 - Digamos: Senhor: Eis-me aqui, envia-me a mim.
Diante deste quadro, a necessidade que temos, e é urgente, uma visão de nós mesmos.
Estamos vendo a Glória de Deus ou de homens, Ouvindo e obedecendo o chamado do Senhor, ou os nossos próprios caprichos e desejos?
Fonte: http://prdanielsalesacioli.blogspot.com.br/2009/04/visao-que-necessitamos.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço e será um prazer receber seu comentário que depois de aprovado será publicado.