quinta-feira, 8 de agosto de 2013

NAMORAR OU ‘FICAR’ ?

casal
      É óbvio que a prática de “ficar” (relacionar-se física e emocionalmente sem compromisso) não condiz com a Palavra de Deus, ocasionando conseqüências nocivas aos adolescentes e jovens que a ela se entregam. Cristãos fiéis devem optar por um namoro sadio, com a finalidade de encontrar a pessoa certa e preparar-se para um possível casamento.
Mas, como ter um namoro cristão numa sociedade permissiva?
1.   Encare o namoro com seriedade. No contexto da Bíblia não existe o namoro leviano, por concupiscência. Quando um jovem casal namora é para conhecer-se melhor com vistas a um possível casamento no futuro.
2.   Escolha outro(a) crente. É necessário que ambos possuam a mesma natureza regenerada por Cristo. Caso contrário, não terão total comunhão, por mais equilibrado que seja o relacionamento (I Cor 7:15, 39; II Cor 6:14).
3.   Cultive a pureza. A Bíblia não aprova sexo entre solteiros, bem como toda forma de impureza sexual (Deut 22:28-29, I Tess 4:3). Também mostra que a excitação sexual não é desejável para o solteiro (I Cor 7:9). Portanto, deve haver limite para as carícias. Elas devem transmitir ternura e afeto, e não provocar excitação. Ambos devem buscar forças em oração, manter a mente pura, e evitar intimidades (Mat 26:41, Fil 4:8, Prov 6:27-28).
4.   Procure aprofundar sentimentos. A atração inicial deve transformar-se em verdadeiro amor, descrito em I Coríntios 13. Para isto é importante cultivar, entre outras coisas, o diálogo, a sinceridade, a empatia, a compreensão e o altruísmo.
Lembre-se: Um namoro sadio é um grande passo para um casamento e uma vida feliz. Peça a Deus que oriente você numa escolha acertada, e pratique um namoro conforme os padrões da Palavra de Deus.
Pr. Dalton
http://www.batistaicarai.com.br/site2/wordpress/?p=3

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço e será um prazer receber seu comentário que depois de aprovado será publicado.