sábado, 3 de agosto de 2013

As variantes do pecado



 “Não porei coisa impura diante dos meus olhos”. - Salmos 102:3
O pecado tem muitas faces e muitas formas de se manifestar e de nos enredar; o que precisamos é estar atentos em que área somos vulneráveis para podermos estar ligados O salmista Davi fora chamado por Deus como sendo um homem segundo o seu coração. Ele por muito tempo desenvolveu um trabalho que fazia jus ao coração que tinha.
Muitas conquistas foram efetuadas por seu intermédio, inclusive o seu império foi o mais extenso dos três reis iniciais, ou seja, Saul, Davi e Salomão.
Porém, num dado momento de sua vida ele se apresenta diante de uma situação de pecado. Observem que o tomar banho naquele local, era natural; que andar pelo terraço era natural; sentir-se indisposto e não ir à guerra era natural, enfim. O que não foi; não é; e não será natural, é após ter as informações corretas a respeito de um fato, no caso, de que Bate-Seba era casada, mandar chamá-la; é justamente ai que ele praticou o que mais tarde escreveu, ou seja, “Não porei coisa impura diante dos meus olhos”.
A partir dessa atitude, dessa decisão em chamá-la, mesmo tendo consultado que era esposa de Urias, um dos seus grandes soldados, Davi atraiu para si o pecado.
Podemos dizer que Davi, adulterou, cometeu homicídio, traiu o seu soldado que era tão fiel, conforme diz II Samuel 11:11.
Parece que nós seres humanos, não temos a noção do que somos capazes de fazer após alimentarmos o nosso ser com determinadas imagens.
Acredito que todos nós sabemos que os olhos são as janelas da alma; e diante disso é de suma importância que estejamos vigilantes nessa geração envolvida pela tecnologia, pela informação rápida, século da imagem que norteia comportamentos e vícios na sociedade.
A Internet deveria ser uma benção maior para a humanidade, mas infelizmente, tem destruído muitas pessoas em sua vida espiritual, em seu relacionamento conjugal, e o efeito dominó é incomensurável.
A podridão tem tomado a mente de muita gente cristã, que por não estarem envolvidos adequadamente com Cristo e com sua Palavra, acabam sendo insuflados (induzidos) a navegarem em determinados sites, olharem determinadas revistas e assistirem determinados filmes.
Mais tarde Davi, após ter sofrido muito com as conseqüências do seu ato, arrependido, escreve para o nosso ensino:- “Não porei coisa impura diante dos meus olhos”.
Gostaria de salientar, a fim de impactar mesmo, que esse mais tarde, foi muito tempo de vida sofrida. Querendo dizer a nós que o pecado não compensa; suas conseqüências, às vezes, podem ser irreparáveis.
Que Deus nos guarde em meio a todo esse caos de informação visual viciosa.
Adolescentes, jovens solteiros, jovens casados, homens de meia idade e até de terceira idade, Deus através dessa escrita nos adverte a vigiarmos e a orarmos para não cairmos em tentação. Também nos adverte em Apocalipse 3:22 dizendo:- “Quem tem ouvidos ouça o que o Espírito diz às igrejas”.
O chamamento do Senhor a nós outros é para que venhamos a fortalecermos no Senhor e na força do seu poder.  Efésios 6:10.
O chamamento do Senhor a nós outros é para que venhamos a nos revestir de toda a armadura de Deus, para podermos ficar firmes contra todas as ciladas do diabo.
É importante lembramos que o arrebatamento da igreja está próximo e de que a maioria das profecias Bíblicas já se cumpriu e que o momento que a igreja vive, de acordo com a linha dispensacionalista, é de uma igreja que pensa que é e que tem, mas não é e nem tem.  Apocalipse 3:17 “Observe que lá diz:- Vocês dizem......Mas não sabem que.......” leia o texto.
Vivemos momentos na história da igreja cristã e da espécie humana em que tudo parece que está com os pólos invertidos, sim, valores invertidos; ou seja, o que é correto é tido como errado; e o que é errado é tido como correto.
O pecado está assolando as portas da igreja e os pastores estão começando a ficar de mãos atadas, por causa da chamada “discriminação homofóbica”, por causa dos conceitos que invadem a sociedade e, por conseguinte, a igreja vem sofrendo os danos, pois ela está inserida na sociedade. Essa invasão acontece via mídia e outros sistemas de comunicação, que estão de uma forma muita rápida mudando radicalmente comportamentos em relação àquilo que a Bíblia e Deus condenam.
Sim, nós cristãos estamos no meio de toda essa pressão e precisamos urgentemente buscar a face do Senhor, enquanto ainda podemos achar.
Cuide de si mesmo, disse Paulo a Timóteo em I Timóteo 4:16.
Amados leitores, observem o que estão vendo e ouvindo. Devemos observar o que está tomando forma, aos poucos, em nossa mente. Será que não estamos sendo influenciados pelo mundo ao invés e influenciarmos?
À medida que não manifestamos nossa forma de crer e praticar as coisas, o mundo passa a tomar forma dentro de nós, e, por conseguinte passamos a praticar, de forma velada, a princípio, as coisas que deixamos de condenar.
Podem observar que o rei Davi, diante da parábola contada pelo profeta Natã, condenou à morte o homem que praticou tal ato, não sabendo ele que o tal homem era ele mesmo.
Se Deus fosse seguir os ditames de Davi, ele teria sido morto na hora.
Diante do exposto, há uma necessidade, também por parte das mulheres cristãs, a se vestirem adequadamente, a fim de não serem instrumentos do escândalo e de queda de homens de Deus.
Do que adianta não colocarmos coisas “impuras” diante dos nossos olhos, pensando no mundo e em seus instrumentos, se na própria igreja evangélica, está complicado, em alguns casos, por causa da exposição do corpo de mulheres que parecem não ter o mínimo de temor ao vestirem determinadas roupas?
Deixo claro aqui, que não estou falando de forma vulgar do tal do USO E COSTUME, que a maioria diz ser coisa de homem. Não! O que estou falando é que precisamos ter o mínimo de bom senso em tudo àquilo que formos fazer e usar.
Deixo claro em minha exposição que a televisão, se não for bem usada, é tão nociva quanto a uma geladeira, na qual podemos colocar coisas condenáveis e prejudiciais, tal como uma bebida alcoólica. Não é o eletro doméstico propriamente dito que é o problema, mas como usamos essa tecnologia que determina nosso bem estar ou nossa queda.
Por coisas impuras diante dos olhos também está ligado a tudo aquilo em que colocamos o coração em detrimento de Deus. O dinheiro, a cobiça, e a inveja podem estar tomando os nossos olhos.
Para encerrar a minha fala, desafio a mim e a igreja de Cristo, na terra, a fazermos o que lemos em Hebreus 12:1-2
“Portanto, também nós, visto que temos a rodear-nos tão grande nuvem de testemunhas, desembaraçando-nos de todo peso e do pecado que tenazmente nos assedia, corramos, com perseverança, a carreira que nos está proposta, olhando firmemente para o Autor e Consumador da fé, Jesus”
 Pastor Wellington Pereira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço e será um prazer receber seu comentário que depois de aprovado será publicado.