quarta-feira, 10 de julho de 2013

Os inimigos da luz


Disse Jesus : "Eu sou a luz do mundo. Quem me segue não andará em trevas, mas terá a luz da vida." (João 8.12). "E a condenação é esta: que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz, porque as suas obras eram más. Porque todo aquele que faz o mal aborrece a luz, e não vem para a luz para que as suas obras não sejam reprovadas." (João 3.19-20).
Jesus veio ao mundo, enviado por Deus. Ele só ensinou e praticou o bem. Entretanto, foi rejeitado pela maioria dos que o conheceram. E ainda hoje, quase todas as pessoas do mundo já ouviram falar de Jesus e sabem muito a respeito dele, mas poucos são aqueles que o servem e se esforçam por viver de modo que lhe agrade. Ou seja, até hoje Jesus continua sendo rejeitado. Por quê será? Cristo veio salvar o ser humano, mas, para isso, ele mostra o pecado e exorta ao arrependimento e à conversão. Jesus é a luz que revela o erro. Suas palavras, registradas na Bíblia, trazem à tona a malignidade do pecado em suas mais sutis manifestações (Mt.5.22,28).
Por esta causa, muitos fogem de Jesus. Isto é semelhante ao comportamento daquelas pessoas que têm pavor de médicos e dentistas. Para que a doença seja curada, precisa ser revelada, diagnosticada, tratada, e isso pode doer. O pecado é a doença da alma e Jesus é o médico que veio nos curar.
Muitos vivem fugindo da luz. É mais cômodo viver nas trevas. Qual é o atrativo da escuridão? Ela nos oculta, encobre nossos atos e, assim, parece nos proteger. O apóstolo Paulo disse que os que se embebedavam e os que roubavam, costumavam fazê-lo à noite. Logicamente, para não serem vistos. Este é o modo de vida daqueles que não têm um compromisso com Jesus. Estão nas trevas da ignorância espiritual. Pecam e rapidamente se esquecem ou nem consideram pecado o seu ato. Vivem praticando ações que, devido à sua natureza maligna, precisam ser mantidas em segredo. Apesar de saberem da existência da luz, que é Jesus, não querem nenhum compromisso com ele para que sua vida de pecado não seja censurada.
Até onde vai essa vida nas trevas? Caminhar no escuro pode até ser divertido por algum tempo. Pode ter sabor de aventura e desafio, mas o contentamento se desfaz quando a pessoa tropeça e cai. O tropeço e a queda certamente virão para aqueles que insistem em viver nas trevas do pecado (Pv.4.19). Alguém pode dizer: - "Eu estou muito bem sem Jesus." É só uma questão de tempo. Quem anda no escuro acaba tropeçando, mais cedo ou mais tarde. Como será esse tropeço? Pode ser uma doença grave, um flagrante no momento do pecado, a falência, a separação conjugal, etc. Nesse momento, alguns correm para Jesus, buscando socorro. Quantos viveram em devassidão sexual e só procuraram Jesus quando tropeçaram na aids?!
Qual será a sua atitude? Vai esperar o pior? A Bíblia diz: "Se hoje ouvirdes a sua voz , não endureçais os vossos corações." (Hb.4.7). Amanhã pode ser tarde demais.

A luz mostra o pecado. Isto não quer dizer que Jesus vai mostrar os pecados de uma pessoa para as outras. Na maioria das vezes isso não é necessário. Jesus quer mostrar o pecado para a própria pessoa. Quando nos aproximamos de Jesus, percebemos sua santidade e, ao mesmo tempo, reconhecemos nossa impureza. Nesse momento, podemos nos arrepender e pedir a Deus que nos perdoe e no dê uma vida nova, uma vida no caminho da luz.
Fonte:http://www.igrejasermaodamontanha.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço e será um prazer receber seu comentário que depois de aprovado será publicado.