quarta-feira, 10 de julho de 2013

Examine a si Mesmo



Examine a si mesmo! Não perca as oportunidades de tentar colocar as coisas boas desse mundo em sintonia com sua vida.
Tenha coragem suficiente de discordar de suas atitudes erradas, de dizer não, e verá que seus problemas poderão ser superados. A primeira pessoa a ser criticada por você é você mesmo. Depois os outros, se for o caso.
Quando você mente, finge e engana as pessoas, é você primeiro quem está recebendo os impactos da deslealdade. Em todo comportamento negativo que você assume, o maior prejudicado é você! Os nossos pensamentos se reproduzem. Não adianta apenas desejar o pior para os outros e o melhor para nós. Recebemos o retorno na mesma medida.
Então fique atento, e a cada erro, a cada atitude desleal que praticar, procure substituí-los por ações novas e construtivas, que indiquem uma mudança de vida.
Ninguém melhor do que nós mesmos para acompanhar os nossos passos. É preferível reconhecer as nossas faltas do que os outros o fazerem. Na maioria das vezes, sabemos que estamos fazendo coisas indevidas, pois o Espírito Santo que há em nós nos convence disto.; No entanto, não demonstramos preocupação com os nossos erros. Achamos que os outros devem aceitar as coisas ruins que partem de nossa mente.
Você deve ter autoridade para chamar a sua própria atenção; coordenar suas atitudes irresponsáveis; dar a mão à palmatória; e assim por diante. Essas são posições que poucos podem assumir, por representar uma decisão de muita dignidade e justiça.
Em recente viagem missionária a Tucuruí (PA), ouvi falar de um certo coronel, muito conhecido por "Peixe Agulha", e que serviu nas Unidades do Exército em Belém. O coronel, reconhecendo ter infringido regulamentos militares, prendeu-se a si mesmo; já que ele era o próprio comandante. Será excesso de austeridade, de exibicionismo? Em princípio, pode até parecer, porém são poucos que agem dessa maneira.
Se muitos imitassem a atitude desse coronel e de tantas pessoas íntegras, com certeza teríamos uma nova sociedade, onde todos passariam a analisar muito melhor as suas decisões.
Só você é responsável pelos seus atos. Não tente transferir para o seu próximo os seus defeitos e os desequilíbrios que existem em você. Assuma um compromisso de mudança, de honestidade. Errar é humano. O crime é permanecer no erro.
É necessário que aprendamos a nos repreender, antes que os outros o façam. Somente assim, será possível tirar para sempre a máscara da hipocrisia, que continua a esconder os nossos erros. Só a boa vontade pode mudar para melhor a nossa vida. Experimente.
 Fonte:http://www.igrejasermaodamontanha.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço e será um prazer receber seu comentário que depois de aprovado será publicado.