sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

O Cúmulo da Incoerência

    É comum governos de alguns países jurar pela ou sobre a Bíblia que já é anti-bíblico. É uma prática comum em muitos tribunais e com certeza em diversas instituições de diversas modalidades. Juram sobre a Bíblia, mas não juram cumprir o que diz a Bíblia, é uma incoerência sem tamanho. O incrível é que estes mesmos que juram sobre ela, são os primeiros a não cumprir quando aprovam leis que são contrárias ao que ela ensina. Será que não é hora de tirar a máscara, pois jurar sobre a Bíblia em cumprir a constituição do homem e não cumprir a constituição de Deus (mandamentos), é pura incoerência para não dizer desrespeito ou coisa pior. Faço esta crítica não exatamente ao presidente Obama, mas contra esta prática que a meu ver fere diretamente aos princípios bíblicos.
Leia a matéria abaixo, da Folha de São Paulo    

Obama jurará seu cargo com Bíblias usadas por Lincoln e Luther King

Publicidade
DA EFE, EM WASHINGTON
      O presidente dos EUA, Barack Obama, jurará o cargo na sessão de posse para seu segundo mandato com a mão sobre dois exemplares da Bíblia, um usado há 150 anos por Abraham Lincoln e outro que foi propriedade do ativista negro Martin Luther King Jr.
Obama indicou nesta quinta-feira o Comitê para a Posse do Presidente. Como é tradição, a primeira-dama, Michelle Obama, será quem dará ambos os livros a seu marido.
O habitual é que o presidente jure sobre uma só Bíblia --na posse de 2009, por exemplo, Obama usou a de Lincoln, mas agora escolheu as duas porque ambas "refletem a grandeza da história da nação americana", disse em comunicado o presidente do comitê, Steve Kerrigan.
A Bíblia de Lincoln foi usada pelo ex-presidente em 1861 para jurar seu cargo e atualmente se encontra conservada na Livraria do Congresso dos EUA, enquanto a de Luther King é propriedade da família do ativista e será "cedida" a Obama.
"Estou orgulhoso de que a Bíblia do meu pai faça parte da posse de Obama e espero que a nação inteira aproveite esse momento para refletir sobre a enorme responsabilidade que tem sobre seus vizinhos e comunidades", declarou em comunicado o filho do lendário ativista, Martin Luther King 3º.
Apesar da cerimônia pública na qual Obama jurará sobre ambas as bíblias ser realizada apenas na próxima segunda-feira, dia 21 de janeiro, o mandato começa um dia antes. Por isso neste dia o presidente realizará uma "cerimônia privada" na Casa Branca, em que jurará sobre uma Bíblia pertencente a família de sua mulher.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço e será um prazer receber seu comentário que depois de aprovado será publicado.