quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Jovens — empenhem-se por alvos que honram a Deus

“Treina-te com a devoção piedosa por teu alvo.” — 1 TIMÓTEO 4:7.
NÃO tenho a nenhum outro de disposição igual à dele, que cuidará genuinamente das coisas referentes a vós. . . . Ele trabalhou como escravo comigo na promoção das boas novas, como um filho junto ao pai.” (Filipenses 2:20, 22) O apóstolo Paulo incluiu esse caloroso elogio na sua carta aos cristãos do primeiro século em Filipos. A quem ele se referia? A seu jovem companheiro de viagem, Timóteo. Imagine como essa declaração da afeição e confiança de Paulo deve ter tocado o coração de Timóteo!
2 Entre o povo de Jeová, jovens de mentalidade espiritual como Timóteo sempre foram muito valiosos. (Salmo 110:3) Hoje, a organização de Jeová é abençoada com muitos jovens que servem como pioneiros, missionários, voluntários de construção e betelitas. Também merecem elogios os que participam zelosamente nas atividades da congregação, além de cuidar de outras responsabilidades. Esses jovens sentem a verdadeira satisfação que resulta de se empenhar por alvos que honram nosso Pai celestial, Jeová. Eles estão realmente ‘se treinando com a devoção piedosa por alvo’. — 1 Timóteo 4:7, 8.
3 Você, jovem, está procurando alcançar alvos espirituais específicos? Onde pode encontrar ajuda e incentivo para isso? Como você pode resistir às pressões deste mundo materialista? Ao se empenhar por alvos que honram a Deus, que bênçãos você pode esperar? Encontraremos as respostas a essas perguntas por analisar a vida e a carreira de Timóteo.
A criação e formação de Timóteo
4 Timóteo cresceu em Listra, uma pequena cidade na província romana da Galácia. É provável que ele tenha entrado em contato com o cristianismo durante a adolescência, quando Paulo pregou em Listra por volta de 47 EC. Timóteo logo criou uma excelente reputação entre os irmãos locais. Dois anos mais tarde, quando Paulo voltou a Listra e soube do progresso de Timóteo, ele o escolheu para ser seu companheiro no serviço missionário. (Atos 14:5-20; 16:1-3) À medida que amadurecia, Timóteo ia recebendo maiores responsabilidades, inclusive a importante missão de fortalecer os irmãos. Ele estava servindo como ancião em Éfeso quando Paulo lhe escreveu da prisão em Roma, por volta de 65 EC.
5 É evidente que Timóteo escolheu empenhar-se por alvos espirituais. Mas o que o levou a fazer isso? Paulo, na sua segunda carta a Timóteo, mencionou dois fatores determinantes. Ele escreveu: “Continua nas coisas que aprendeste e ficaste persuadido a crer, sabendo de que pessoas as aprendeste e que desde a infância tens conhecido os escritos sagrados.” (2 Timóteo 3:14, 15) Examinemos primeiro o papel que outros cristãos tiveram nas escolhas de Timóteo.
Tire proveito das boas influências
6 Timóteo foi criado num lar dividido em sentido religioso. O pai era grego, a mãe, Eunice, e a avó, Lóide, eram de origem judaica. (Atos 16:1) Eunice e Lóide ensinaram verdades das Escrituras Hebraicas a Timóteo desde sua infância. Depois de se converterem ao cristianismo, elas sem dúvida foram de ajuda em persuadi-lo a crer nos ensinos cristãos. Fica claro que Timóteo tirou o máximo proveito desse excelente treinamento. Paulo disse: “Eu me recordo da fé que há em ti sem qualquer hipocrisia, e que houve primeiro em tua avó Lóide e em tua mãe Eunice, mas, estou confiante, que há também em ti.” — 2 Timóteo 1:5.
7 Muitos jovens hoje são abençoados com pais e avós tementes a Deus que, como Lóide e Eunice, reconhecem a importância de alvos espirituais. Samira, por exemplo, ainda se lembra das longas conversas que teve com seus pais quando era adolescente. “Minha mãe e meu pai me ensinaram a ter o ponto de vista de Jeová sobre as coisas e a colocar a obra de pregação em primeiro lugar”, diz ela. “Eles sempre me incentivaram a me empenhar pelo serviço de tempo integral.” Samira reagiu bem ao incentivo dado pelos pais e agora tem o privilégio de servir como membro da família de Betel em seu país. Da mesma forma, se seus pais o incentivarem a ter alvos espirituais, leve em conta seus conselhos. Eles querem o melhor para você. — Provérbios 1:5.
8 É importante também que você procure companhias edificantes entre os irmãos. Timóteo se tornou bem conhecido pelos anciãos cristãos de sua congregação e pelos de Icônio, uma cidade que ficava a cerca de 30 quilômetros de distância. (Atos 16:1, 2) Ele cultivou uma amizade achegada com Paulo, que era uma pessoa dinâmica. (Filipenses 3:14) As cartas de Paulo indicam que Timóteo era receptivo a conselhos e prontamente imitava os exemplos de fé. (1 Coríntios 4:17; 1 Timóteo 4:6, 12-16) Paulo escreveu: “Tu seguiste de perto o meu ensino, meu proceder na vida, meu propósito, minha fé, minha longanimidade, meu amor, minha perseverança.” (2 Timóteo 3:10) De fato, Timóteo seguiu de perto o exemplo de Paulo. Da mesma maneira, se você se achegar aos que são espiritualmente fortes na congregação, será ajudado a desenvolver alvos espirituais sólidos. — 2 Timóteo 2:20-22.
Estude “os escritos sagrados”
9 Será que alcançar alvos espirituais é apenas uma questão de escolher o tipo certo de amizades? Não. Como Timóteo, você precisa fazer um estudo cuidadoso dos “escritos sagrados”. Talvez você não goste muito de estudar, mas lembre-se que Timóteo precisou ‘treinar-se com a devoção piedosa por alvo’. Os atletas geralmente treinam muito, durante meses, para alcançar seu objetivo. Assim também, alcançar alvos espirituais exige sacrifício e esforço sério. (1 Timóteo 4:7, 8, 10, nota) ‘Mas’, talvez se pergunte, ‘como estudar a Bíblia pode me ajudar a alcançar meus alvos?’ Examinemos três maneiras.
10 Primeiro, as Escrituras lhe darão a motivação correta. Elas revelam a maravilhosa personalidade de nosso Pai celestial, seu ato supremo de amor em nosso benefício e as bênçãos eternas reservadas para seus servos fiéis. (Amós 3:7; João 3:16; Romanos 15:4) À medida que for aumentando seu conhecimento sobre Jeová, também aumentarão seu amor por ele e seu desejo de dedicar sua vida a ele.
11 Muitos jovens cristãos dizem que o estudo pessoal regular da Bíblia foi essencial para ajudá-los a se firmar na verdade. Adele, por exemplo, foi criada num lar cristão, mas nunca teve alvos espirituais. Ela conta: “Meus pais me levavam ao Salão do Reino, mas eu não fazia estudo pessoal nem prestava atenção nas reuniões.” Depois que sua irmã foi batizada, Adele começou a levar a verdade mais a sério. “Estabeleci o alvo de ler a Bíblia inteira. Eu lia um trecho e daí anotava algum ponto sobre o que tinha acabado de ler. Ainda tenho todas as minhas anotações. Li a Bíblia em um ano.” O resultado foi que Adele se sentiu motivada a dedicar sua vida a Jeová. Apesar de ter uma grave deficiência física, ela agora serve como pioneira, ou evangelizadora de tempo integral.
12 Segundo, a Bíblia o ajudará a fazer mudanças necessárias na sua personalidade. Paulo disse a Timóteo que “os escritos sagrados” são ‘proveitosos para ensinar, para repreender, para endireitar as coisas, para disciplinar em justiça, a fim de que o homem de Deus seja plenamente competente, completamente equipado para toda boa obra’. (2 Timóteo 3:16, 17) Por ter o hábito de meditar em assuntos relacionados com a Palavra de Deus e por aplicar seus princípios, você permitirá que o espírito de Deus refine sua personalidade. Isso o ajudará a desenvolver qualidades essenciais como humildade, perseverança, zelo e verdadeiro amor pelos irmãos. (1 Timóteo 4:15) Timóteo tinha essas qualidades, e por isso foi de grande ajuda para Paulo e para as congregações onde serviu. — Filipenses 2:20-22.
13 Terceiro, a Palavra de Deus é um depósito de sabedoria prática. (Salmo 1:1-3; 19:7; 2 Timóteo 2:7; 3:15) Ela o ajudará a escolher seus amigos sabiamente, a selecionar diversão saudável e a lidar com inúmeros outros desafios. (Gênesis 34:1, 2; Salmo 119:37; 1 Coríntios 7:36) Para você alcançar alvos espirituais, é vital tomar boas decisões agora.
‘Trave a luta excelente’
14 Dar prioridade a alvos que honram a Jeová é a maneira mais sábia de agir, mas certamente não é a mais fácil. Quando se trata de escolher uma carreira, por exemplo, você talvez enfrente muita pressão de parentes, colegas e professores bem-intencionados, que acreditam que a educação superior e uma carreira lucrativa são o segredo para o verdadeiro sucesso e felicidade. (Romanos 12:2) Como Timóteo, você vai precisar ‘travar a luta excelente da fé’ a fim de ‘apegar-se firmemente à vida eterna’ que Jeová lhe oferece. — 1 Timóteo 6:12; 2 Timóteo 3:12.
15 Quando familiares que não são Testemunhas de Jeová não concordam com as escolhas que você faz, a prova pode ser ainda mais difícil. Pode ser que Timóteo tenha enfrentado esse tipo de oposição. De acordo com uma obra de referência, é provável que a família de Timóteo “pertencesse à classe rica e culta”. A expectativa de seu pai provavelmente era que ele obtivesse uma educação superior e desse continuidade aos negócios da família.* Imagine a reação dele ao descobrir que Timóteo preferia ser missionário com Paulo, apesar de todos os perigos e da insegurança financeira envolvidos nesse trabalho!
16 Os jovens cristãos hoje enfrentam desafios similares. Matthew, que serve numa congênere das Testemunhas de Jeová, lembra-se: “Quando me tornei pioneiro, meu pai ficou muito desapontado. Ele achou que eu tinha ‘desperdiçado’ minha educação quando arranjei um trabalho de faxineiro para me sustentar no ministério. Ele zombava de mim, sempre trazendo à minha atenção o quanto eu poderia ganhar se tivesse um emprego por tempo integral.” Como Matthew lidou com essa oposição? “Eu seguia rigorosamente um programa de leitura da Bíblia e sempre orava, em especial nos momentos em que poderia ser fácil perder a calma.” A determinação de Matthew foi recompensada. Com o tempo, seu relacionamento com o pai melhorou. Matthew também se achegou mais a Jeová. “Vi Jeová cuidar das minhas necessidades, me encorajar e me proteger de tomar decisões erradas”, diz ele. “Eu não teria visto nada disso se não tivesse me empenhado por alvos espirituais.”
Sempre tenha em mente alvos espirituais
17 Um desafio sutil ao seu empenho por alvos espirituais pode vir até mesmo de irmãos na fé. ‘Por que ser pioneiro?’, alguns talvez perguntem. ‘Você pode levar uma vida normal e ainda participar na obra de pregação. Arranje um bom emprego e garanta seu futuro.’ Esse conselho pode parecer bom, mas, se o seguisse, estaria realmente se treinando com a devoção piedosa por alvo?
18 Pelo visto, alguns cristãos nos dias de Timóteo também pensavam assim. (1 Timóteo 6:17) Para ajudar Timóteo a não perder de vista seus alvos espirituais, Paulo o incentivou dizendo: “Nenhum homem, servindo como soldado, se envolve nos negócios comerciais da vida, a fim de que possa ganhar a aprovação daquele que o alistou como soldado.” (2 Timóteo 2:4) Um soldado na ativa não pode distrair-se com empenhos civis. A sua vida e a de outros dependem de ele estar sempre pronto a seguir as ordens de seu comandante. Como soldado de Cristo, você também deve manter-se concentrado num único objetivo e evitar se envolver em desnecessários empenhos materiais, que poderiam impedi-lo de realizar plenamente seu trabalho de salvar vidas. — Mateus 6:24; 1 Timóteo 4:16; 2 Timóteo 4:2, 5.
19 Em vez de ter por alvo uma vida tranqüila e acomodada, cultive um espírito abnegado. “Como soldado do exército de Cristo Jesus, esteja disposto a abrir mão dos confortos da vida.” (2 Timóteo 2:3, The English Bible in Basic English) Timóteo, ao acompanhar Paulo, aprendeu o segredo de estar contente até mesmo nas circunstâncias mais difíceis. (Filipenses 4:11, 12; 1 Timóteo 6:6-8) Você também pode aprender esse segredo. Está disposto a fazer sacrifícios pelo Reino?
Bênçãos agora e no futuro
20 Por uns 15 anos, Timóteo trabalhou lado a lado com Paulo. Timóteo presenciou a formação de novas congregações à medida que as boas novas se espalhavam por quase toda a região ao norte do Mediterrâneo. A vida dele foi mais emocionante e satisfatória do que teria sido se tivesse escolhido levar uma vida “normal”. Por se empenhar em alvos espirituais, você também receberá bênçãos espirituais inestimáveis. Você se achegará a Jeová e conquistará o amor e o respeito dos irmãos. Em vez de sentir a dor e a frustração que resultam do empenho por riquezas materiais, você será realmente feliz por dar de maneira altruísta. Acima de tudo, você ‘se apegará firmemente à verdadeira vida’ — a vida eterna numa Terra paradísica. — 1 Timóteo 6:9, 10, 17-19; Atos 20:35.
21 Assim, se você ainda não estiver se treinando com a devoção piedosa por alvo, nós o incentivamos calorosamente a começar isso desde já. Achegue-se aos irmãos na congregação que podem ajudá-lo a alcançar alvos espirituais e procure sua orientação. Faça do estudo pessoal regular da Palavra de Deus uma prioridade. Esteja determinado a resistir ao espírito materialista deste mundo. E lembre-se sempre que o Deus “que nos fornece ricamente todas as coisas para o nosso usufruto” lhe promete ricas bênçãos agora e no futuro, se você escolher alvos que honram a ele. — 1 Timóteo 6:17.
[Nota(s) de rodapé]
A sociedade grega valorizava muito a educação. O filósofo Plutarco, contemporâneo de Timóteo, escreveu: “Receber uma educação adequada é a fonte e a raiz de todo o bem. . . . Digo que é isso que ajuda e contribui para a excelência moral e a felicidade. . . . Todas as outras vantagens são de natureza humana e triviais, e não merecem nossa séria preocupação.” — Moralia, I, “A Educação dos Filhos”.
Lembra-se?
• Onde os jovens podem encontrar ajuda para alcançar alvos espirituais?
• Por que o estudo cuidadoso da Bíblia é tão importante?
• Como os jovens podem resistir às influências materialistas deste mundo?
• Que bênçãos resultam de se empenhar por alvos espirituais?
[Perguntas de Estudo]
1, 2. (a) Por que Paulo elogiou Timóteo? (b) Como os jovens hoje estão ‘se treinando com a devoção piedosa por alvo’?
 3. Que perguntas serão consideradas neste artigo?
 4. Descreva em poucas palavras a carreira cristã de Timóteo.
 5. De acordo com 2 Timóteo 3:14, 15, que dois fatores contribuíram para que Timóteo decidisse empenhar-se por alvos espirituais?
 6. Que treinamento Timóteo recebeu, e como ele reagiu a esse treinamento?
 7. Que bênção muitos jovens têm, e como isso pode beneficiá-los?
 8. Como Timóteo se beneficiou de companhias edificantes entre os irmãos?
 9. Além de escolher o tipo certo de amizades, o que você precisa fazer para ‘treinar-se com a devoção piedosa por alvo’?
10, 11. Por que as Escrituras o motivarão a alcançar alvos espirituais? Dê um exemplo.
12, 13. (a) O estudo da Bíblia ajudará um jovem a fazer que mudanças, e como? (b) Dê exemplos da sabedoria prática contida na Palavra de Deus.
14. Por que empenhar-se por alvos espirituais não é a maneira mais fácil de agir?
15. Que oposição Timóteo talvez tenha enfrentado?
16. Como um jovem lidou com a oposição do pai?
17. Como alguns irmãos talvez desanimem os que planejam entrar no serviço de tempo integral? (Mateus 16:22)
18, 19. (a) Como você pode ter sempre em mente alvos espirituais? (b) Mencione os sacrifícios que você, jovem, está fazendo pelo Reino.
20, 21. (a) Descreva algumas das bênçãos que resultam de se empenhar por alvos espirituais. (b) O que você está determinado a fazer?
Fonte: wol.jw.org/pt/wol/d/r5/lp-t/2007325

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço e será um prazer receber seu comentário que depois de aprovado será publicado.