segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Ocultismo Contemporâneo

        Alguém se lembra das antigas bruxas? Narigudas, maquiavélicas, insensíveis, de riso estridente e aparência amedrontadora? Elas continuam as mesmas, mas os seus cabelos, narizes e vestuário apresentam muita diferença! Já não voam em vassouras, muito menos vivem ao redor de caldeirões fervilhantes. A caça às criancinhas perdidas em florestas acabou. Hoje, conquistá-las é bem mais fácil.
        A lenda dos aprisionamentos em porões escuros, onde meninos e meninas recebiam uma dieta para que engordassem e fossem servidos nos banquetes das “velhas malvadas” também sofreu atualizações. Agora, o prato predileto do “ocultismo contemporâneo” tem sido “cérebros suculentos”, mentes ávidas pelo que é desconhecido e cada vez mais bonito e tecnologicamente atraente. Em lugar dos ambientes sinistros estão as salas de estar, quartos, cinemas, lan houses etc. A fantasia continua sendo a principal matéria-prima.
      Pastor Luís Peixoto, escritor e professor de Teologia, explica que o ser humano busca respostas contínuas para a existência humana e as forças ocultas do mal acentuam, ainda mais, estas procuram o mundo encantado do ocultismo que tem entradas múltiplas. Internet, televisão, jornais, revistas, livros, videogames e etc, estendem tapetes vermelhos em saudação aos novos simpatizantes. Tudo é colocado à disposição da humanidade como se fossem árvores repletas do fruto proibido. E, infelizmente, o caminho mais atrativo para a sociedade tem sido o das curvas sinuosas da serpente.
         A metáfora é romantizada e envolvente como um conto de fadas, porém nem sempre acaba com final feliz. Assim como as sutilezas de uma crônica, o ocultismo tem minado mentes de crianças e adultos, utilizando a arte como instrumento de persuasão e criação de identidade.

Perigos Por Trás da Trama

         Entenda o que significa cada item citado na novela, que é ambientada numa cidade do interior, a fictícia Serranias, entre as décadas de 1930 e 40.
  • Religião Wicca – Em “Eterna Magia”, as personagens vividas pelas atrizes Malu Mader e Mariana Sullivan são duas bruxas que seguem os preceitos da Wicca. Esta religião é uma tradição neo-pagã criada e denominada originalmente pelo escritor Gerald Gardner, cujos preceitos celebram a natureza. Wicca também é o nome dado às bruxas modernas.
  • Celtas – Segundo historiadores, a terra de origem dos celtas era uma região da Áustria, perto do sul da Alemanha. De acordo com Maria Inês Cavalcanti, bruxa em Ribeirão Preto (SP), a cultura celta valoriza rituais, sempre louvando os deuses da natureza. Os druidas, também citados pela trama, são pessoas encarregadas das tarefas de aconselhamento, ensino, jurídicas e filosóficas dentro da sociedade celta.
  • Magias branca e negra – Na cultura celta, os cavaleiros usavam três tipos de capuz: cinza, branco e negro. Foi daí que surgiram as magias branca e negra. A magia negra, que na América Latina foi associada a outros rituais africanos dos escravos, segundo Inês, é usada para fazer o mal. Já a magia branca é usada para favorecer positivamente as pessoas.
  • Bruxas – Considerada parte de antigas práticas dos cultos xamânicos, a bruxaria tem suas origens no período pré-histórico e trata-se do culto a um deus. “Não existe bruxa má ou boa, tudo depende de que lado está”, frisa Maria Inês, que teve seu contato com a bruxaria aos seis anos de idade.
         Para o mundo secular, o ocultismo é fascinante. Definido como o conjunto de sistemas filosóficos e artes misteriosas associadas a conhecimentos secretos, ganha cada vez mais adeptos entre as sociedades intelectualizadas. Já a igreja caracteriza como ocultista toda seita ou religião cujas práticas incluam previsões futurísticas, comunicação com os mortos ou segredos instigantes. O que à luz da Palavra é abominável, para a sociedade é atraente. O mal já não parece ser tão mau assim. O oculto já não repele, mas atrai as massas.
         Qual a explicação para o sucesso de vendas da série Harry Potter, livros com mais de 600 páginas disputado por crianças em todo o mundo com lançamento em data e hora marcada? O que faz de Paulo Coelho ser o autor mais lido em todo o planeta? Por que o místico, secreto ou esotérico compõe as categorias campeãs entre os best-sellers?
 
“Muitos dos temas trabalhados em programas de TV, como agouros, prognósticos, horóscopos etc., são temas que o povo gosta de explorar."

        Por isso, são apresentados pela mídia “televisiva”, diz o pastor João Souza Filho, autor de quatro livros tratando sobre ocultismo, marketing e publicidade, certamente, têm sua parcela de contribuição. No entanto, para Sérgio Carneiro, cristão, publicitário, pós-graduado em Comunicação e professor universitário, o ocultismo é tema atrativo por si só.
 
“Em menor ou maior grau, o oculto sempre fez parte da história humana, e a propaganda, atenta a tudo o que atrai a atenção dos homens, vale-se desse interesse coletivo para divulgar seus produtos”.

        Carneiro enfatiza que, de certa forma, foi o desejo de conhecer o que era secreto que motivou Adão e Eva no jardim do Éden a comerem do fruto proibido. Eles desejavam conhecer o que não sabiam, estavam instigados pela idéia de que poderiam descobrir um grande segredo. E essa “curiosidade” percorre as sensações humanas até hoje.
 
“O ocultismo, sob esta perspectiva, é apenas mais uma isca da propaganda para atrair o interesse das pessoas.”

Novidade no Ar

     Em um aspecto, pais e responsáveis podem começar a comemorar. Pelo menos, por enquanto. Isso porque uma portaria do Governo Federal e do Ministério da Justiça impôs limites na programação de qualquer obra visual. A notícia caiu como uma bomba para as TVs abertas, que acusaram o governo de criar uma nova censura.
         Segundo a portaria, o horário livre será das 6 às 20 horas, e o de proteção à criança e ao adolescente, das 20 às 23 horas. Outra novidade na nova portaria diz respeito ao fuso horário. Atualmente, um mesmo programa é exibido para todo o país pelo horário de Brasília. Com a mudança, uma novela que é veiculada, ao mesmo tempo, às 21 horas no Rio Grande do Sul e às 18 horas no Acre, fica proibida, devido à indicação das faixas etárias por horários. A medida é bem vista pelo apresentador de TV e pastor presbiteriano Eber Cocareli.
      “O que as TVs comerciais não falam é que esta norma já existe em países como Estados Unidos, Canadá e Japão. Não é censura política, como foi em 1970, e sim uma censura moral”.

     À frente de um dos programas de maior audiência da Rede Internacional da Graça de Deus, a Rit, ele afirma que tenta fazer uma TV genuinamente evangélica para toda a família.
         De acordo com o pastor Luís E. Peixoto, escritor, professor de Teologia e conferencista internacional, a áurea nebulosa do místico é o que fascina a inteligência do homem. 
Fonte: http://www.estudosgospel.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço e será um prazer receber seu comentário que depois de aprovado será publicado.